CHAMAMENTO INTERNACIONAL A PLANTAR UMA ÁRVORE (Version de M.L. Faraco)

CHAMAMENTO INTERNACIONAL
A PLANTAR UMA ÁRVORE

TRADUÇÃO-PORTUGUES
por María Louise Faraco

Se já tens filho ou escrevestes algo
Agora te tocará plantar uma árvore
Planta uma árvore estimado irmão
Daí ao planeta o melhor presente
Faze-o se vives na cidade ou no campo
Plante-a no campo ou a beira de um lago
Faça-o irmão e ao plantá-la
Cuide-a como a uma criança em teu regaço.
Ao que te disser que esse trabalho é em vão
Não lhe preste atenção, não faças caso.

Talvez cavar o poço seja pesado
Porém creia-me que serás recompensado
Rega-o com fé que crescerá muito alta
Protege-a e cuida-a para que não
Lhe façam danos
Faça-o com paixão e com muito cuidado
Utilize boas sementes ou um broto sadio

Toma a pá e faz um poço e plante-a
Ajuda a embelezar um terreno devastado
Faça-lhe um canteiro rodeado de pasto
E para que cresça direito ponha um pau

Talvez tarde a crescer alguns anos
Sendo talvez o lar de muitos pássaros
Que um novo dia de vida te haverão anunciado

Toma hoje a decisão e faça-o
Terás o prazer de ver que o plantado
É um trabalho de tuas próprias mãos
E irás vendo lucros e muitos resultados

Ajudarás a filtrar o ar contaminado
E do esquentamento global que causa danos
Ajudarás a atenuar o duro impacto
Te dará fresca sombra no verão
E repousarás para descansar do trabalho
Quando dormires em baixo a sua copa recostado
E cada outono teu jardim será dourado
E no inverno,suaçlenha te haverá esquentado

Na primavera sua beleza cobrirá o prado
Talvez suas frutas te haverão alimentado
Ou algumas de suas flores haverás cortado
Para adornar a tumba de algum ser amado
Sua madeira será tua companheira a teu lado
Quando flores na tumba sepultado.

Olha-o fixo como um apaixonado
Com o prazer com que olhas a um quadro
Observa como cresce palmo a palmo
E maravilha-te do que hás logrado
Também teus vizinhos se haverão contagiado
E todos irão querer sua própria árvore.

Se milhões de humanos
Plantássemos cada um,uma árvore
O ar do planeta não esquentaria tanto
Ajudaríamos a milhões de inundados
Para que sua cidade não continue se alagando
As árvores vieram antes de tu
E sua sabedoria é proveniente do passado
E seguirão aqui quando partires

*** Desculpa que este poema é meio extenso
porém escuta-me bem: te direi algo:
minha predição ecológica será um verso alado
que dará voltas ao mundo gritando-o
para que deixem de proliferar
bosques cortados e que os complexos
ecosistemas não sofram tanto
e no futuro de teus filhos não reine o pranto.
Gostaria de ver este poema convertido em
Um canto,um lamento internacional.

Ruben Sada (Argentina)
Portuguese Version of. María Louise Faraco

OBRIGADO LOUISE!

Rubén Sada

Escritor de poesía en castellano, editor y redactor. Currículum, AQUÍ.

Rubén Sada escribió 1592 entradas

Navegación de la entrada


Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

Puede usar las siguientes etiquetas y atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>